Apresentação do Campeonato Nacional Absoluto de Orientação Pedestre

Realizou-se esta segunda-feira, dia 20 de novembro, na Junta de Freguesia da Boa Ventura, a apresentação do Campeonato Nacional Absoluto de Orientação Pedestre. A Região Autónoma da Madeira acolhe assim um Campeonato que nunca se tinha realizado fora do espaço continental português.

Paulo Rodrigues, Diretor da Prova, apresentou o evento, mencionando as características técnicas e específicas desta competição que vai movimentar cerca de 300 participantes e pelo menos 50 elementos da Organização. Referiu ainda que os atuais Campeões Nacionais masculino e feminino marcarão presença neste Campeonato.

O Diretor mencionou que existem cerca de 15 traçados em cada dia do evento, permitindo a quem quiser experimentar a modalidade possa fazê-lo e ainda acompanhar as provas principais.

O primeiro dia de competição será dedicado a uma Etapa da Taça de Portugal de Sprint, que levará os participantes até à bonita Freguesia da Boa Ventura, que acolheu esta apresentação.

No segundo dia da competição, os maravilhosos e fantásticos bosques para a prática desta modalidade, do Poiso e Chão das Feiteiras acolherá a qualificação para a final do dia seguinte.

Aqui também a prova é aberta à participação dos outros atletas federados e população que queira participar.

A grande Final, realiza-se no terceiro dia, no Parque do Montado do Pereiro e floresta adjacente. No dia 3 de dezembro, onde se espera uma grande competição entre as elites nacionais e regionais, desde os atuais Campeões Nacionais Pedestres entre outros, serão encontrados os novos Campeões Nacionais Masculino e Feminino.

O Diretor aproveitou a oportunidade para agradecer o importante apoio de entidades públicas e privadas, nomeadamente, os Municípios de São Vicente, Machico e Santa Cruz. As Direções Regionais do Desporto e do Turismo, a Junta de Freguesia e Casa do Povo de Boa Ventura, a Fundação Inatel, a Gesba, a ECM –Águas Atlântida e Madeira Rent. Agradecimento especial para todos os colaboradores deste grande evento.

Todos os presentes na apresentação são unânimes que se verifica um crescimento e interesse pela modalidade desde os residentes assim como visitantes que procuram a Ilha para esta prática desportiva.

O Presidente da Retoiça, Filipe Teixeira apresentou o traçado permanente de Orientação na Freguesia da Boa Boaventura. O percurso a ser estreado no próximo dia 1 de dezembro, aquando da realização da Etapa da Taça de Portugal. Filipe Teixeira aproveitou a oportunidade para agradecer publicamente o apoio e empenho do Presidente da Junta de Freguesia de Boa Ventura.

Como anfitrião do primeiro dia de Competição, o Presidente da Junta de Freguesia da Boa Ventura, Joaquim Camacho, agradeceu a AORAM na descentralização desta modalidade e a confiança que foi depositada nesta Freguesia, e enalteceu o trabalho feito por esta modalidade como meio de divulgação das freguesias mais “pacatas” onde também vivem pessoas, vai levar com certeza o nome da Boa Ventura a toda a região e é de louvar.

O Presidente da Junta agradeceu as palavras do professor Filipe Teixeira, “que conhece a minha paixão pelas veredas e levadas da nossa freguesia”. Em referência ao Trail da Boa Ventura o presidente disse ainda que “quer trazer para as quotas mais baixas da freguesia outro tipo de evento desportivo”, tendo a “total abertura para esta modalidade, tanto que já foram realizadas 2 provas em dois novos mapas e não vamos ficar por aqui, pois até 2025 o compromisso será de mapear toda a freguesia, para que o próximo executivo o utilize de maneira construtiva”.

De louvar o trabalho do Tiago Aires, AORAM e Retoiça, pelo desenvolvimento da modalidade, na Boa Ventura. O nosso objetivo é promover a Freguesia e preservar a mesma com atividades de promoção da mesma, sendo a orientação uma destas. É com agrado que recebemos a realização deste evento nacional ao qual agradecemos esta visão e confiança e estamos à inteira disposição para ajudar, referiu ainda Joaquim Camacho.

Em representação do Município de Machico, o Vereador Hugo Marques, mostrou-se contente por mais uma organização de excelência e enaltece o trabalho do Presidente da Junta de Freguesia, Sr. Joaquim Camacho, que realmente soube aproveitar aquilo que bem a sua Freguesia tem e a distingue.

Fez questão de mencionar a visibilidade que esta modalidade tem, tendo um caso que é mais prática fora de Portugal do que cá dentro.

Enalteceu o trabalho feito pelos voluntários e entidades oficiais, tendo o destaque para a Direção Regional de Desporto, no apoio aos desportos Outdoor, com incidência na modalidade de Orientação.

Frisou que a Boa ventura, poderá ser uma referência da orientação na Madeira e dar seguimento ao que foi feito também em Machico, com a criação de percursos permanentes da Trail e com 3 a 4 anos, recebemos um estágio da modalidade e penso que a Boa Ventura, poderá receber.

Mencionou a importância da promoção dos eventos por parte da comunicação social, aos quais por vezes não dão o devido valor às organizações ao contrário do interesse dos forasteiros que fazem questão de conhecer os locais melhor do que os residentes, aproveitando esta modalidade.

Para terminar, mostrou orgulho de o Município de Machico fazer parte deste evento, mostrando total disponibilidade e colaboração e o que temos que apoiar, no que nos diferencia e todo o desporto é importante, mas a verdade é que devemos apostar num produto diferenciador que traga gente de fora da região para a conhecer.

Por fim, em representação da Direção Regional do Desporto usou a palavra o Dr. Juan Gonçalves que enalteceu o trabalho feito na promoção dos desportos de Natureza ao longo dos últimos anos.

Mencionou que a atribuição deste evento à Madeira, não foi fruto do acaso, foi uma aposta da FPO na descentralização da modalidade que se faz pela primeira vez na Madeira e uma confiança nas entidades regionais, que mostram competência e qualidade na sua realização.

A Madeira além das boas organizações tem outra qualidade, desde as suas infraestruturas naturais às sinergias entre entidades, quer do Governo Regional, Câmaras Municipais, Juntas de Freguesias e outras entidades que têm sido referência para a organização e operacionalidade destes eventos.

A Madeira ao longo destes últimos anos tem organizado eventos de referência aos quais tem trazido a esta região um grande retorno económico, desportivo e cultural.

A organização deste Campeonato na Madeira, vai permitir a que mais atletas Regionais, possam competir neste evento em maior número, pois se fosse fora não conseguiríamos esse feito e ainda poder competir com outros atletas, com mais experiência e junto dos seus.

Também permitir que as pessoas que nos visitam, tenham a mais valia de viver a experiência desportiva, cultural e social da Madeira, na vertente do Turismo desportivo.

O governante quis agradecer as palavras do Sr. Vereador Hugo Marques e retribuir o trabalho que o Concelho de Machico tem feito no desporto, sendo um concelho amigo do desporto, onde organiza e apoia muitos eventos, sendo um município de referência.

Também frisou que a Direção Regional, não só apoia esta modalidade mas também apoia todas a outras modalidades Federadas no sistema desportivo regional, que totalizam as 60 modalidades e num conjunto alargado de apoio, que abrange os 13 milhões de euros, sendo nos últimos 40 anos a Madeira e no sector desportivo, ser uma referência, numa política desportiva assumida nas várias vertentes, tendo o seu sucesso, graças aos agentes desportivos que souberam e muito bem, usar os meios que são disponibilizados quer pelo Governo Regional, Municípios, Juntas de Freguesias, sendo o desporto uma das referências a nível Nacional e Internacional.

Terminando com a certeza que este será mais um êxito organizacional na Região Autónoma da Madeira e agradecer a todos.

https://www.retoica.com/cna-madeira-2023

https://www.facebook.com/CNAmadeira2023/

2024 © AORAM - Associação de Orientação da Região Autónoma da Madeira
crossmenu